VEM AÍ AS 7 UNÇÕES!!!

0

http://www.youtube.com/watch?v=IltBpfQ5NF4&feature=youtu.be

 

 

VOCÊ NÃO PODE PERDER ESTA GRANDE CONCENTRAÇÃO DE FÉ, E RECEBER AS PROMESSAS DE DEUS!!!

Lei define critérios para concessão de recursos a eventos religiosos

0

Sancionada pelo governador Agnelo Queiroz nesta segunda-feira, lei aponta regras de fiscalização sobre o uso do recurso e da infraestrutura concedidos pelo GDF para a realização de manifestações religiosas

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, sancionou, nesta segunda-feira (9), a lei que regulamenta o repasse de recursos para eventos promovidos pelas instituições religiosas do Distrito Federal.

“Nossa equipe de governo se debruçou sobre este tema e chegamos ao conteúdo da lei. Ou seja, nós queríamos regras claras que definissem o que é permitido e o que não pode”, disse Agnelo Queiroz, acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, e do vice-governador Tadeu Filippelli.

O Projeto de Lei nº 906/2012, de autoria do Poder Executivo, foi aprovado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) em 19 de junho deste ano. De  acordo com o texto, o GDF oferece dois tipos de suporte aos eventos religiosos: repasse de recursos e prestação de serviços. Ambos podem ser requisitados simultaneamente pelas entidades ao governo.

Na primeira modalidade, a instituição religiosa faz um levantamento dos recursos necessários e o encaminha ao GDF, que avalia se é possível concedê-los. Caso isso ocorra, a entidade assina um convênio com o governo e se compromete a prestar contas após a realização do evento.

Ao decidir solicitar infraestrutura ao GDF, a instituição religiosa tem à disposição os seguintes serviços: a organização do trânsito e da segurança nas imediações dos eventos; fornecimento de infraestrutura, suporte e equipamentos para a prestação de serviços artísticos e culturais e também acomodação e alimento aos participantes. No caso das refeições, o GDF poderá aproveitar contratos já existentes de fornecimento de alimentos e solicitar que sejam entregues nos locais onde ocorrerão os eventos.

As solicitações podem ser feitas nas secretarias de Cultura, Turismo ou  administrações regionais. “É importante que as instituições se antecipem no planejamento”, salientou o secretário de Transparência e Controle, Carlos Higino.

“O serviço pode ser feito somente em algumas áreas como na segurança e trânsito, onde os agentes públicos darão apoio à manifestação religiosa. Se for contrato de palco, poderemos fornecer esses bens e serviços diretamente”, acrescentou Higino. Cinco dias antes da realização do evento, fiscais do governo verificam se a instituição cumpriu todos os critérios definidos na lei.

O secretário ressaltou que é proibida a transferência de quantias a título de subvenção social, modalidade de transferência de recursos financeiros públicos, para organizações, governamentais e não governamentais, de caráter assistencial e sem fins lucrativos, com o objetivo de cobrir despesas de custeio.

Segundo o secretário, o projeto de lei é bem claro quanto às restrições. “Por exemplo, se o cidadão utilizar o dinheiro para financiar o próprio templo e as atividades ordinárias, ele vai ter que devolvê-lo. Ele só vai poder usar para aquele determinado evento e mediante fiscalização”, advertiu o secretário.

Curso – A Secretaria de Transparência e Controle criará um curso para que os representantes das instituições religiosas aprendam a prestar suas contas seguindo os critérios da lei sancionada.

Participaram da solenidade no Salão Branco do Palácio do Buriti o presidente do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT)o desembargadorJoão de Assis Mariosi, a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do DF,  Eunice Pereira Carvalhido, secretários de governo, deputados distritais e federais, além representantes da Igreja Católica, da Federação Espírita Brasileira, das Igrejas Evangélicas e da Rede Afro-brasileira Sociocultural.

Igreja católica reduz 8% e evangélicos aumentam

0

Apesar de nova redução, fiéis da Santa Sé ainda são maioria na cidade segundo dados Censo-2010 divulgados Rodrigo Viudes
rodrigo.viudes@bomdiabauru.com.br

A população católica está menor em Bauru segundo dados do Censo Demográfico 2010 divulgados ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os números oficiais somam 177.869 fiéis da igreja romana – 19,2 mil a menos que em 2000. De 62,37%, a igreja representa agora 54% da população atual de 343.937.
A Igreja Católica é a única que apresentou números negativos neste Censo.
Os evangélicos, que em 2000 eram 74.5 mil (23,54%), na nova pesquisa aparecem com 107.675 (32.7%).
As outras duas variáveis da análise religiosa do IBGE em Bauru apresentaram ligeiro crescimento. Os que se declaram “sem religião” passaram de 23,1 mil (7,31%) para 29,2 mil (8,9%) e os espíritas de 9,8 mil (3,12%) para 13.540 (4,1%) – diferenças de 1,6% e 0,8%, respectivamente.
ANÁLISE / A redução no número de católicos já era aguardada na diocese de Bauru.
“Ainda acho que vamos baixar mais um pouco”, profetiza o bispo diocesano Dom Caetano Ferrari. Para ele, a matemática descendente dos fiéis é justificada mais por “fatores externos” – “as mudanças de valores na política, na fé e na família” – que por “pecados diretos” da igreja”. “É um momento para se tirar a lição e aprimorar a evangelização”.
É o que preocupa o coordenador diocesano pastoral, o padre Milton Carraschi, motivado por uma ressalva. “A redução na quantidade não tira da Igreja Católica o que ela é. O importante é o comprometimento dos que permanecem na fé.”
Enquanto os católicos analisam as perdas, os evangélicos colhem uma nova demanda. Só em Bauru mais 33,1 mil pessoas se converteram ao movimento nos últimos 10 anos.
“Isso acontece principalmente pela massificação da palavra de Deus e também pela exposição que a comunidade evangélica tem atualmente na mídia”, avaliou o presidente do Conpev (Conselho de Pastores de Bauru e Região) e pastor-titular da Igreja do Evangelho Quadrangular, Ubiratan Cássio Sanches.

Assembleia de Deus lidera o ‘ranking evangélico’ da cidade
A igreja evangélica Assembleia de Deus segue como a maior representante entre as igrejas evangélicas do Brasil, inclusive em Bauru. Agora, os diversos ministérios da denominação somam 16,8 mil membros.
“O que acontece é que a igreja cresceu muito e tem atraído fiéis de todas as classes sociais”, analisou o pastor Arnaldo Belchior, presidente da Assembleia de Deus do Ministério Belém, o maior da cidade, com pelo menos 26 templos – fora os espalhados pela região.
Principal referência entre as igrejas pentecostais, que em Bauru somam 58,7 mil membros, a Assembleia de Deus tem logo atrás no “ranking” do IBGE a Igreja do Evangelho Quadrangular, com 11.204. Depois, aparecem a Congregação Cristã no Brasil, com 9.726; a IURD (Igreja Universal do Reino de Deus), com 4.685; a ‘Deus é Amor’, com 1.448; a Casa da Benção, com 603 e a ‘O Brasil Para Cristo’, com 372 fiéis. Entre as igrejas pós-reforma, as igrejas batistas congregam 3.838 fiéis; as presbiterianas, 3.195; as adventistas, 2.048; a luterana, 566 e a metodista, 431. As evangélicas não-determinadas na pesquisa, no entanto, somam 38,8 mil fiéis.
Pelo menos 50 denominações são representadas pelo Conpev (Conselho de Pastores de Bauru e Região), cujas reuniões acontecem regularmente às terças feiras, a partir das 9 horas, na Igreja Batista Bereana, na rua Antonio Alves, 4-50, no Centro de Bauru. A entidade tem mais de 50 anos de atividade. Não um número oficial de igrejas em Bauru.
Fonte: http://diariosp.com.br/noticia/detalhe/26273/Igreja+catolica+reduz+8%25+e+evangelicos+aumentam

Convenção Mundial 2012 – O Ano da Conquista

0

Os evangélicos comemorarão o 54º aniversário de Taguatinga

0

Na manhã desta quinta-feira (10 de maio), estiveram reunidos na Catedral da Bênção, em Taguatinga Sul, pastores das igrejas evangélicas de Taguatinga a fim de tratarem do culto de celebração que será realizado em comemoração aos 54 anos cidade.

Após um intenso debate, ficou decidido por unanimidade, que o local do evento será a praça do relógio, local mais apropriado para um Ato Profético em favor de Taguatinga. O evento será realizado no dia 02 de junho, com previsão de início às 18h.

 Estavam presentes os pastores da Casa da Bênção, Ministério da Fé, Assembleia de Deus, segunda Igreja Presbiteriana de Taguatinga, Igreja Renascer em Cristo e representantes do Conselho de Igrejas CIPE e Capelânia Evangélica.

Fique atento! Nos próximos dias estarão disponíveis matérias de divulgação do evento.

 

Veja as fotos aqui.

 

11º Convenção Estadual Casa da Bênção – AC

0

ITEJ – Igreja Casa da Bênção Bahia Celebra 33 anos

0

No dia 14 de abril, no Bahia Café Hall, em Salvador-BA, foi realizada uma grande concentração em comemoração aos 33 anos de nossas atividades neste Estado. O Missionário Daniel de Oliveira, Presidente da Convenção Estadual da Casa da Bênção, junto com todo o seu ministério, recebeu o Apóstolo Doriel de Oliveira, Presidente Nacional da ITEJ, e grande comitiva de Pastores e autoridades, bem como uma multidão de mais de 6.000 mil pessoas que superlotaram aquele espaço. O Cantor gospel J. Neto abrilhantou o evento cantando várias canções do seu repertório acompanhado pelo coro da multidão. O Apóstolo Doriel pregou uma poderosa mensagem baseada em Josué, falando da conquista das bênçãos para todo o povo de Deus na terra. Foram momentos contagiantes e uma grande Unção divina desceu naquele lugar. Vejam algumas fotos.

Missionário Francisco Neto.

Festa dos Tabernáculos

0

Convenção Mundial 2012 – O Ano da Conquista

0

Brasília em Chamas – A mega Vigília do Poder

0

Na última sexta feira, dia 20 de Abril de 2012 desfrutamos aqui na Sede Mundial do Ministério Catedral da Bênção de mais uma edição da grande vigília Brasília em Chamas.  Foi uma noite de muita oração e mover do Espírito Santo. Tivemos várias bandas e cantores para ministrar um louvor agradável ao Senhor, dentre eles o ministério de louvor da Catedral da Bênção, o coral Univozes, o cantor Wando Oliver, a cantora Andreza Serafim, cantora Jura Voz  e a cantora Thais Raney.

A primeira ministração da foi feita por mim, em seguida o pastor Fabrício Moraes assumiu a palavra e para fechar com chave de ouro o Pastor Abílio Santana fez a última pregação da madrugada.

Confira aqui as fotos

 

Voltar ao topo